domingo, novembro 18, 2001


Muitos não escapam do sono eterno, do sonho irrealizavel. O melhor de tudo é ser o que se pode e o que se quer. Quando desejamos ser o maior, mas a vontade não é das melhores, temos que admitir as nossas limitações.
Não é indigno, em hipótese alguma, aceitar que a maioria nos condena e tudo o que fazemos satisfaz apenas uma pequena minoria.
Todos os envolvidos são contrários. Mas pela pena de sentimentos, para não ferir o ego, falam o contrário.
É para termos ainda mais carinho, ainda mais amor.